Posts do fórum

Julia Ramos
21 de out. de 2020
In Cursos de Tecnologia
Se você quer se tornar desenvolvedor(a) e anda pesquisando à respeito, é muito provável que já tenha topado com um dos anúncios da Ironhack. Torne-se um desenvolvedor web Full-Stack na Ironhack São Paulo em nove semanas (full-time) ou 24 semanas (part-time). Após ouvir a audaciosa proposta da Ironhack, a questão que fica na cabeça de todo mundo é “É possível virar um(a) desenvolvedor(a) em tão pouco tempo?”. Eu fiquei com essa questão antes e durante o bootcamp, mas agora que eu finalizei, posso respondê-la para vocês. É possível mesmo não tendo conhecimento algum de programação? Sim, é possível. É fácil? Nem um pouco. Depende do teu empenho e do desenvolvimento das soft skills necessárias para ser um desenvolvedor. Soft skills? Sim, elas também fazem parte da metodologia de ensino. Vamos aproveitar para falar da metodologia que é como a Ironhack faz sua mágica. Se você é o tipo de aluno(a) que aprende e executa tudo com facilidade, se prepare. A Ironhack vai te tirar da zona de conforto e te desafiar ao máximo, então mantenha a calma. Desistir é um sentimento que por inúmeras vezes assombra a trajetória de aprendizado, mas seja forte e tenha em mente que a resiliência, uma das principais soft skills para ser um desenvolvedor, vai se desenvolver a partir desse método. Ser desenvolvedor(a) é lidar frequentemente com a frustração de errar e não saber como fazer ou resolver. Por mais conhecimento que você tenha, sempre terá novos conceitos, métodos e tecnologias a aprender. É por isso que durante o bootcamp você irá aprender a como pesquisar, aprender e solucionar. Apesar de te ensinarem uma boa parte do conceito, sempre faltará propositadamente algumas partes. A Ironhack não te dá um passo a passo. Você vai ter que exercitar essas habilidades para concluir os objetivos propostos. A Ironhack te ensina mais do que uma stack, ela te transforma em um(a) desenvolvedor(a), desenvolvendo as soft skills necessárias para você aprender e trabalhar com a tecnologia que quiser. No bootcamp, você aprende as tecnologias e metodologias mais atuais do mercado. A stack (conjunto de tecnologias que usamos para criar nossas aplicações) ensinada é a MERN (MongoDB, Express, React, Node). Você faz a maioria dos exercícios em pair-programming (um desenvolvedor escreve o código sob a orientação de outro desenvolvedor). Durante os projetos, você utiliza metodologias ágeis. Mas mais do que isso, no final do bootcamp você sai como um(a) desenvolvedor(a) web full stack MERN capacitado também para aprender e trabalhar com outras tecnologias graças à metodologia de ensino da Ironhack. Esses são os principais pontos para hoje, uma profissional da gastronomia há 10 anos, se sentir preparada para atuar no mercado como desenvolvedora. Não por causa do que um certificado diz e sim pelos conhecimentos e habilidades adquiridos nos seis meses de bootcamp web dev part time da Ironhack. Confira alguns dos meus projetos desenvolvidos durante o bootcamp. No segundo mês, após aprender HTML 5, CSS 3 e Javascript ES6+, desenvolvi esse jogo aqui. Já no final do bootcamp, em conjunto com o Marcus Brandão e o Luan Perosa, desenvolvemos um MVP (Minimum Viable Product) de um e-commerce que foi destaque como um dos 3 melhores e você pode conferir aqui. Turma de junho de 2019 de Part-Time Web Dev da Ironhack Então, Ironhack vale a pena? Vale sim, desde que você se dedique e esteja aberto à mudanças. O investimento é alto, mas o retorno é quase certo, visto que 89% dos alunos interessados costumam ser empregados em até 3 meses. Se você gostou desse artigo, não esqueça de bater palmas (rs). Quer saber mais? Confira como foi meu primeiro bootcamp com a Ironhack. Me sigam no Linkedin e no Github. Beijos!
Ironhack vale a pena? Full Stack Web developer Bootcamp content media
2
0
984
J
Julia Ramos

Julia Ramos

Mais ações